Ebook Japão – parte I – Roteiro de 04 dias

Você está procurando roteiros culturais (possíveis) e econômicos? Neste e-book você terá acesso ao meu roteiro completo do Japão – parte I de 4 dias.

Viajar pelo Japão, mais precisamente explorar Tóquio e regiões em volta desta metrópole, me proporcionou conhecer a história desse povo tão organizado e determinado. Foram dias entre templos, trem bala, e muita tecnologia!

Criei este e-book para compartilhar com vocês, um pouquinho do que pude encontrar e registrar por lá. Deixo aqui um trecho do relato do meu primeiro dia de viagem, para que você possa conhecer o início dessa aventura.

Espero que você possa conhecer um pouco do mix que é Tóquio e seu entorno, composto por muita tecnologia, mas também tradições milenares.

Japão - Ebook - Rafaela Nassri

Dia 1 – (09/01/2018 – 10/01/2018) 

Após os contratempos nos voos até o destino, devido a nevasca que acontecia nos Estados Unidos, conseguimos finalmente chegar em Tóquio no Japão. O nosso voo do Brasil teve um em Nova Iorque. Neste último trecho de NY – Tóquio, a duração foi de 16 horas. Realmente parecia que aquele avião nunca ia pousar. E o mais interessante é que devido ao fuso, seguimos o sol, o que fez com que fossem horas de luz intensa.

Quando finalmente aterrissámos em solo japonês, o sol já estava tão cansado quanto nós. Nas últimas horas de voo eu já me posicionava com as pernas completamente para cima e meus pés lutavam para entrar no tênis, que parecia ter diminuído de tamanho.

Uma placa escrita “Welcome to Japan” indicava o caminho e logo em seguida uma infinidade de guichês para imigração e o ar de organização se instalava. Todo esse processo foi feito rapidamente.

Em seguida, fomos até uma loja para retirar o modem da internet que havia reservado antecipadamente. Dica: não deixem de alugar um desses aparelhos. Ter um mapa online e a possibilidade de pesquisar os lugares em tempo real é essencial em um país como o Japão.Por fim, saímos do aeroporto e pegamos o metrô até o hotel que ficava na parte mais central de Tóquio, mais especificamente no bairro Hirakawacho.

Mais uma vez a organização para entrar e sair do metrô e o fluxo das pessoas em qualquer local é visível, mesmo que estejam lotados.

O check-in foi na língua universal da tentativa, já que a atendente não falava inglês. Conseguimos e como podem imaginar, o quarto de hotel era minúsculo. Já esperávamos por isso, só não contávamos que fosse necessário colocar a mala embaixo da cama e deixar tudo o mais compacto possível para sobreviver ali por algumas horas. Depois disso, tentamos encontrar algo para comer nas redondezas da acomodação, mas foi meio frustrante devido ao cansaço que já estávamos. Depois de todo o voo, fuso, e demais deslocamentos, só nos restava dormir.

Ah! Pelo fuso horário de +12h, um dia foi praticamente suprimido no nosso calendário.

Gostou? Então clique no botão abaixo para fazer o download gratuito e conferir o relato completo dessa viagem.

Quer saber exatamente o que fazer durante alguns dias em Tóquio? Você pode entrar em contato conosco pelo botão do WhatsApp ao lado, se quiser receber todo suporte necessário para inspirar suas aventuras e viver novas experiências.